Exames

MAPA, que significa Monitoramento Ambulatorial da Pressão Arterial. Exame que avalia a pressão arterial em intervalos periódicos, durante 24 horas. Permite diagnóstico mais preciso da hipertensão arterial e também analisa se o controle da pressão com medicamentos está adequado.

Exame que tem por objetivo a avaliação da anatomia do coração: tamanho das câmaras, funcionamento das válvulas, força dos músculos e diâmetro da aorta, entre outras informações. Combina o uso do ultrassom com outros métodos, como o Doppler.

Exame que permite diagnosticar, pela análise do eletrocardiograma durante o esforço físico, a presença de artérias obstruídas no coração. Também avalia a presença de arritmias e o comportamento da pressão arterial, além de estimar a capacidade física do paciente.

Exame que realiza a monitoração do ritmo cardíaco durante 24 horas. Muito usado na investigação de palpitações, arritmias e desmaios.

Avalia a presença de placas de gordura (ateroma) na aorta abdominal e nas artérias ilíacas e a integridade do fluxo sanguíneo. Afere o diâmetro dessas artérias, a fim de detectar aneurismas (dilatações).

Exame que tem por objetivo a avaliação da anatomia do coração: tamanho das câmaras, funcionamento das válvulas, força dos músculos e diâmetro da aorta, entre outras informações. Combina o uso do ultrassom com outros métodos, como o Doppler.

Exame que avalia o fluxo de sangue para o cérebro e a presença de placas de gordura (ateroma) nas artérias carótidas e vertebrais. Tais placas são as maiores causadoras do acidente vascular cerebral (AVC ou ”derrame”).

Exame que avalia a atividade elétrica do coração, fornecendo diversas informações, como o ritmo cardíaco, detecção do aumento do coração, inflamações, infarto prévio, etc.

Além de detectar as mesmas alterações do teste ergométrico, diagnostica a causa do cansaço aos esforços físicos, por meio de máscara que avalia a ventilação pulmonar. Também é usado para aprimoramento do treinamento de atletas profissionais e amadores.

Avalia o fluxo sanguíneo nas artérias da coxa, pernas e pés, assim como a presença de placas de gordura nesses segmentos. Usado principalmente para avaliação de dor e formigamento. Também costuma ser solicitado após detecção de pulsos diminuídos durante exame físico.

Exame muito importante para a detecção de trombose venosa nos membros inferiores e para elucidar as causas das varizes (dilatação nas veias). Também solicitado para investigação de edema (inchaço) nas pernas e pés.